AMPLASC - 23 anos a serviço da região

Publicado em 10/12/2020 às 21:30 - Atualizado em 10/12/2020 às 21:30

Neste 26 de agosto comemoramos o “grito de independência” da região, época em que alguns prefeitos buscando maior representatividade para a região do planalto sul catarinense, desligaram-se da entidade municipalista a que pertenciam e fundaram a AMPLASC (Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catariana).

A união de 7 municípios (Abdon Batista, Brunópolis, Campos Novos, Celso Ramos, Monte Carlo, Vargem e Zortéa) promoveu notoriedade regional em razão de agregar particularidades econômicas, culturais, políticas e social.

Ao completar 23 anos é possível observar que sua missão permanece ativa e crescente na busca do desenvolvimento regional por meio de uma série de ações encampadas pela AMPLASC.

A entidade que apoia e assessora os municípios tornou-se referência na promoção da gestão pública eficiente, beneficiando uma população de aproximadamente 60 mil habitantes.

Por meio dos departamentos técnicos e da representatividade política, é dado suporte às ações e aos projetos municipais, na implantação e estruturação de novos serviços à sociedade.

Nesses 23 anos, a AMPLASC tornou-se um braço forte dos municípios na busca por soluções para o desenvolvimento regional e no enfrentamento de demandas municipais de forma coletiva.

 O presidente da associação, prefeito de Abdon Batista, Lucimar Antônio Salmória, ressalta que a AMPLASC se consolidou como a entidade que une politicamente os municípios do Planalto Sul Catarinense em torno de um objetivo comum: o desenvolvimento regional.

“Fornecendo suporte técnico de qualidade, seus profissionais projetam e auxiliam na edificação da prosperidade dos municípios e das pessoas que neles vivem. Com seu órgão de colegiados a Associação vai semeando alternativas que levam a evolução a todos os segmentos da sociedade regional,” explica Lucimar.

Neste ano de 2020, o mais desafiador de sua história, a AMPLASC reafirmou sua importância como agente de articulação regional, demonstrando mais uma vez que a união dos 7 municípios fortalece cada gestão local, e principalmente assegura regionalmente um fórum permanente de diálogo entre os gestores, com decisões coletivas interfronteiriças, promovendo uma interação nunca antes vivida, resultando em ações que têm sido assertivas e primordiais no enfrentamento à crise provocada pela pandemia.

Futuro:

Para os próximos anos projeta-se que a associação reforce a agenda de articulação política e de representatividade, bem como reforce o protagonismo no projeto de desenvolvimento de instrumentos para proporcionar o desenvolvimento regional.

Uma reestruturação física da sede da associação, projetada nos últimos 3 anos e já em execução contemplará espaços modernos para desempenhar com ainda mais qualidade os serviços ora prestados, bem como proporcionará à comunidade regional, espaços de aperfeiçoamento e de compartilhamento de boas experiências de gestão municipal.

Lá se vão 23 anos de ações da AMPLASC, servindo a toda sociedade regional. Muitas ações ainda virão, protagonistas, desafiadoras, inovadoras, amparadas nos anseios de seu tempo, com uma coisa em comum: a aspiração de promover desenvolvimento e melhores condições aos cidadãos do Planalto Sul de Santa Catarina.

Fonte: ASCOM AMPLASC