Engenharia da AMPLASC projeta obras de infraestrutura urbana em Brunópolis

Publicado em 31/07/2020 às 21:04 - Atualizado em 31/07/2020 às 21:04

Atendendo demanda apresentada pela Administração Municipal de Brunópolis o departamento de engenharia civil da AMPLASC disponibilizou três projetos relacionados a infraestrutura urbana do município.

Entre as obras projetadas há pavimentação de ruas e reforço na drenagem de vias principais da cidade.

Os serviços tem prazo de 120 dias (4 meses) para serem concluídos após ordenamento de execução do Prefeito e os 3 projetos totalizam investimentos com recursos próprios de R$ 876.709,69.

Drenagem:

A ação de reforço na drenagem pluvial estão programados em trechos das Ruas Selmo Heck e Cândido Martins numa extensão de 370m2.

A obra contempla a instalação de 13 bocas de lobo e 358 metros lineares de tubos de concreto de 80cm.  Para obtenção das vazões de pico foi utilizado o Método Racional. Esta metodologia relaciona a precipitação com o deflúvio, considerando as principais características da bacia, tais como área, permeabilidade, forma, declividade média, etc.

No trecho de intervenção na Rua Selmo Heck, a pavimentação existente é de material asfáltico. A empresa responsável pela execução da obra deverá, até o término reconstruir o pavimento existente (não serão aceitos buracos e falhas).

Segundo a engenharia civil da AMPLASC o preço máximo aceitável é para o referido serviço é de R$ 189.499,63.

Pavimentações:

Com relação estrutura viária urbana de Brunópolis novas ruas serão pavimentadas. Os procedimentos licitatórios estão agendados para agosto. Sendo assim, há projeto de pavimentação em lajota sextavada de concreto, de trecho da Rua Joaquim Rosa, no Centro do município.

O trecho a ser pavimentado contempla 3.032,00m², com  área de passeio de 1.454,00m² e 18 bocas de lobo, num custo estimado de R$ 517.243,89. Respeitando as normas de segurança e acessibilidade estão incluídos faixa de pedestre, postes com sinalização em placas de chapa de aço galvanizadas com a denominação da rua, quadra, bairro e placas de trânsito orientação de parada obrigatória (PARE) e velocidade permitida na via, além derampa de acessibilidade nos passeios em paver.

A equipe da AMPLASC também projetou a pavimentação em lajota sextavada de concreto com drenagem pluvial, passeios e sinalização viária, na Rua Joaquim Fontana.

A obra corresponde a 1.018,40m² a pavimentar e540 m²  de passeios, com custo projetado de R$ 169.966,17.

Vale destacar que os estudos Topográficos do Departamento de Agrimensura foram fundamentados na elaboração dos projetos. Até a confecção do projeto civil a  equipe técnica da AMPLASC esteve a campo fazendo o mapeamento necessário dos dados.

Fonte: Assessoria de Comunicação da AMPLASC


publish